Vamos transformar juntos o Comércio Exterior no Brasil.

Estão abertas as inscrições para o Programa de Aceleração da 4Comex, a primeira aceleradora exclusivamente focada em comércio exterior.

Faça sua Inscrição

Blog Aceleradora 4Comex

16.07.2020 Dicas

Filosofia Ágil e Scrum Framework: Apenas Uma Introdução

Para uma quantidade imensa de startups é bem provável que esse artigo seja bem básico. Mas, vale à pena elaborá-lo, principalmente para o público de comércio exterior. E lembrar às startups que, não raramente, precisarão explicar melhor os termos para quem é dessa área. (Da mesma maneira que esses profissionais terão paciência em explicar sobre atividades consideradas básicas para eles)

Comecemos com a Filosofia Ágil (Agile, em inglês). Sim, é uma filosofia, pensamentos que foram “acordados”. No início desse século, 17 profissionais especialistas em desenvolvimento de software se reuniram para elaborar um manifesto (esse documento está disponível no site, traduzido em mais de cinquenta línguas!).

O que é esse manifesto? É o conjunto de (quatro) valores e (doze) princípios relacionados à tomada de decisões para o desenvolvimento de softwares. Para exemplificar, Scrum é uma (não a única) metodologia que adota os valores e os princípios desse manifesto.

Os quatro valores são:

  • Indivíduos e interações têm preferência sobre processos e ferramentas

  • Dedicar-se ao software tem preferência sobre documentação exaustiva

  • Colaboração com o cliente tem preferência sobre renegociação de contrato

  • Responder à mudança tem preferência a seguir o plano

Em relação aos princípios, esses proporcionam a você a habilidade de boas tomadas de decisão. Por serem muitos, deixo aqui os princípios que mais me encantam:

  • A prioridade máxima é a satisfação do cliente através da entrega de valor continuamente e da maneira mais rápida possível

  • Esteja sempre aberto às mudanças nos requisitos, mesmo que tardiamente no desenvolvimento

  • A contínua atenção à excelência técnica e ao bom design aumenta a agilidade da equipe

  • Simplicidade é essencial

  • As melhores arquiteturas, requisitos e designs emergem de equipes autônomas

Conforme foi citado, Scrum é uma metodologia, um framework. Portanto, não é um processo exato, tampouco uma ferramenta precisa. Como será implementado no seu ambiente depende exclusivamente de você e da organização.

No Scrum, a equipe está dividida em: Scrum Master; Product Owner (P.O.); Time de Desenvolvimento (DevTeam). Cada papel no Scrum é considerado igual, portanto, não existe hierarquia (isso pode ser um grande problema para a maior parte das empresas que tradicionalmente funcionam apenas na base da hierarquia).

Scrum Master: mantém tudo andando; adapta o Scrum para a realidade da empresa; busca proporcionar um ambiente cada vez melhor para a equipe e é responsável retirar os obstáculos que impedem o avanço da equipe.

P.O.: prioriza e fornece detalhes sobre as funcionalidades que serão desenvolvidas pelo Dev Team; responsável pela comunicação sobre o futuro do produto

DevTeam: trabalha para a entrega do produto (parece simples, não? Mas, normalmente, são eles os mais pressionados). Essa equipe varia de 3 a 7 integrantes.


Tela de celular com texto preto sobre fundo branco

Descrição gerada automaticamente 

Aposto que você ouviu falar, pelo menos uma vez, a palavra “sprint” aplicada para o desenvolvimento de softwares. Mas o que exatamente seria isso? Sprint é simplesmente um período, que pode variar entre 1 a 4 semanas (a cadência depende da experiência da equipe, do ambiente e da estratégia de releases). No final de cada Sprint, um produto com potencial de ser lançado (pode ser tanto uma nova funcionalidade ou uma correção de bug) deve ser entregue. 

Cada Sprint é marcado por quatro cerimônias:

  • Sprint Planning: discussão do que será desenvolvido no próximo sprint. Essa discussão está baseada nas histórias de usuários do backlog (os dois termos estão explicados mais abaixo)

  • Daily Scrum: briefing sobre o que foi feito no dia anterior, quais são os obstáculos e o que será desenvolvido. Essa reunião dura, idealmente, 15 minutos e não mais do que 20 minutos.

  • Sprint Review: demonstração pelo Dev Team aos stakeholders e ao P.O. sobre o que foi desenvolvido até aquele momento. Pode incluir ou não alguns clientes para que feedbacks sejam recebidos.

  • Retrospectiva: ao fim de cada sprint, a equipe procede com uma revisão sobre o que foi executado corretamente, o que poderia ser melhorado e o que será focado em melhoria (as equipes não conseguem focar em tudo de uma vez só)

O que seriam “história de usuário” e “backlog” para o Scrum? O segundo é mais fácil de deduzir:

Uma imagem contendo texto

Descrição gerada automaticamente

Backlog: são diversas histórias de usuário e outras melhorias, que foram detectadas, que ainda não foram alvo de desenvolvimento. Um bom backlog segue o acrônimo DEEP (detalhado; estimado; emergente; priorizado). 

História de usuário: é uma história a ser contada sobre um cliente que deseja uma determinada funcionalidade para um determinado benefício. Essa história de usuário facilitará o entendimento por parte do Dev Team. Para uma boa história de usuário, 3Cs são aplicados: Card (atributos básicos, como se fosse num cartão); Conversation (permite que os detalhes do item sejam esclarecidos como se fosse uma conversa); Confirmation (especifica quando os objetivos daquele item são atingidos; “critérios de aceite”)

Existem ainda mais termos sobre o Scrum, mas gostaria de mencionar, no final desse texto, os pilares fundamentais, os valores e o que não combina com o Scrum Framework (lembrando que isso não é um processo e a cultura da empresa precisa estar adaptada para aceitar realmente a maneira que o Scrum funciona):

Os três pilares fundamentais são:

  • Transparência: no status, nas cerimônias, nos requisitos de entrega 

  • Inspeção: constante, em tudo o que está sendo feito

  • Adaptação: tanto do processo quanto do produto

Os valores do Scrum:

  • Foco: a ideia do multitarefa e de múltiplos projetos não é aplicada no Scrum

  • Coragem: fazer o que é correto e trabalhar nos problemas (isso exige bastante coragem para não “empurrar para debaixo do tapete”)

  • Abertura: a equipe deve estar aberta quanto ao trabalho (exemplo, equívocos que são cometidos) e aos desafios encontrados para o desenvolvimento do software

  • Respeito: tanto esse quanto o próximo valor, dispensam comentários adicionais

  • Comprometimento

O que não combina com o Scrum:

  • Prioridades sendo alterada diariamente (uma vez definidas no Sprint Planning e no Daily Scrum, essas prioridades não devem ser alteradas)

  • A composição do time mudar constantemente

  • Transparência não é encorajada

Por fim e não menos importante, encontre a sustentabilidade no trabalho! Não adianta a equipe fazer uma quantidade infinita de horas extras em um sprint e, no próximo, estarem esgotados, física e mentalmente. Identificar a sustentabilidade da equipe é um mantra dentro do Scrum!

Esse artigo é apenas uma pitadinha sobre o Manifesto Ágil e o Framework Scrum. Para entender com maior profundidade o Scrum, sugiro o livro “Scrum – a arte de fazer o dobro” de Jeff Sutherland. Ele é gostoso de ler e evita a linguagem frequentemente maçante de livros sobre frameworks. Depois disso, você pode fazer algum curso (existe uma grande quantidade de opções).


Artigo escrito poYuri da Cunha Ferreira

Especialista em Comex e Analista de negócios da Aceleradora 4Comex


Vamos Conversar? Cadastre seu email e fique conectado com esse ecossistema de inovação.

Realização

A Columbia Trading é uma empresa atuante no ramo logístico e trading no Brasil, parte do Grupo ECOM, líder mundial em operações de Trading de Commodities Agrícolas, é prestigiada por ser uma das empresas mais éticas e responsáveis. Associada ao Instituto Ethos, pautam a experiência do usuário (UX) como ponto chave para o sucesso. Em 20 anos de existência, especializaram-se em soluções para Comércio Exterior, além de possibilitar um processo mais otimizado de importação e exportação aos seus clientes. Veja mais:

www.columbiatrading.com.br
Contato
imprensa@a4comex.com.br
projetos@a4comex.com.br